Na estréia da Copa das Confederações, Brasil joga bem e goleia o Japão

A Copa das Confederações já começaram, e na partida de abertura, a Seleção Brasileira mostrou um futebol consistente e goleou o Japão por 3x0, gols de Neymar, Paulinho e Jô que entrou no segundo tempo no lugar de Fred. Com a goleada, o Brasil assume momentaneamente a liderança do Grupo A, formado também por México e Itália.
Esta vitória foi de extrema importância para a Seleção, que vencendo a equipe teoricamente mais fraca deste grupo, e com um bom placar lembrando da importância do saldo de gols, tira um pouco da pressão nos próximos confrontos contra o México, equipe que tem sido chata contra o Brasil nos últimos jogos, e a Itália, que apesar de seu futebol nacional não estar em tempos de glórias, tem jogadores com muita qualidade, como Balotelli e El Sharaway, além do craque em bolas paradas Pirlo e o experiente Buffon.

Mas falando da partida deste Sábado, o golaço de Neymar, com uma ajeitada de Fred de peito, logo no início da partida, mudou a cara do jogo. O Japão vinha com uma proposta de jogar mais recusada, utilizando os contra-ataques como principal arma, sendo que o time japonês tem como principal característica a velocidade.
Gostei da partida da defesa brasileira, não dando chutão em todos os lances (apenas nos mais difíceis) e saindo bem para o ataque. Daniel Alves e Marcelo apoiando bem, sendo que o segundo juntamente com Neymar e Oscar produziram boas jogadas pela esquerda. Luis Gustavo atuava na frente da defesa visando, somente, a marcar, dando liberdade a Paulinho que sempre chega com perigo, tanto é que fez o segundo gol da Seleção.


Tanto Neymar, quanto Hulk foram acionado bastante durante o jogo, sendo que o "super-herói" brasileiro acredito que ficou um pouco isolado, criando poucas chances de muito perigo.
Oscar ficou sumido durante o primeiro tempo, mas no segundo apareceu mais. Ele é um jogador que tem um bom passe, excelente construtor de jogadas e também tem uma boa velocidade. Fred não fez uma grande atuação, já Jô, quando entrou, percebi que ele buscava mais a movimentação, e apesar de ser um cara para ficar na área, se movimentou bem fora dela, lembrando que o seu gol foi em um contra-ataque construído por Oscar.


Hernanes entrou, porém para mim poderia ser titular, abrindo mão dos dois laterais e colocando um zagueiro ou abrindo mão de um dos atacantes laterais, como falei no post sobre esta Copa. Sendo que o jogador da Lazio poderia dividir as armações das jogadas com Oscar, e caso crie as jogadas de trás, poderia dar mais liberdade ao brasileiro do Chelsea. Foi uma boa partida, a tendência agora é melhorar e ganhar mais entrosamento para os próximos. A próxima partida da Seleção Brasileira será contra o México no Castelão dia 19/06 às 16h00.
Antes de encerrar este post, gostaria de pedir desculpe pelo atraso do post devido a um probleminha na conexão de minha internet.


Acompanhe sempre o nosso blog, assine o nosso feed. Também não perca nenhuma postagem e fique sempre ligado em nosso blog. Curta a nossa página do facebook, siga-nos pelo twitter e circule-nos no Google +.

Por Patryck Leal
Texto de: FC Gols

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!

About us