Em jogo de 6 gols, Brasil vence a Itália e é primeiro no Grupo A

Brasil x Itália. Um clássico do futebol Mundial, os maiores campeões Mundias. Este jogo já trouxe muitas emoções, como em 1982 a triste lembrança da tragédia do Sarriá, mas também boas lembranças, como nas finais das Copas de 1970 e 1994. Um confronto, que se repetiria mais um vez, prometia ser muito equilibrado, e foi. O Brasil venceu por 4x2, mas apesar do placar, chegou a sofrer uma grande pressão da Itália. Os gols da partida foram marcados por Dante, que entrou no lugar de David Luiz, Neymar e Fred (que desencantou e marcou 2) para o Brasil. Já o gols da Itália, que não contava com Pirlo, foram marcados por Chiellini e Giaccherini.

A Seleção Brasileira fez outra ótima exibição. Novamente, após abrir o placar, foi fortemente pressionada e acabou levando o gol de empate, porém aquilo que aconteceu em outros jogos não se repetiu, a Seleção se recuperou e depois passou a frente no placar novamente. O grupo de Felipão tem mostrado um desenvolvimento memorável, e nestas Copa das Confederações vem fazendo uma belíssima campanha, tendo 100% de aproveitamento no grupo da Morte.
Esta partida contra a Itália foi um bom jogo para testar a Seleção, que está no caminho certo, e se continuar no caminho, e fazendo bons jogos, poderá vir muito mais forte na Copa do Mundo do que se esperava. Acredito que não chegará no mesmo nível de Espanha ou Alemanha, mas chegará forte para brigar pelo título.


Na partida, Fred desencantou e fez dois gols. O camisa 9 da Seleção fez uma excelente partida, não só pelos dois gols, mas também porque buscou mais o jogo, tendo mais movimentação e saindo um pouco da área, ação feita por Jô nos dois jogos que ele entrou. Essa maior movimentação do Fred deve-se também a forte marcação Italiana. Neymar novamente fazendo uma bela partida, porém cometendo muitas faltas. Lembrando que o Brasil fez 27 faltas contra 18 dos Italianos, números que mostram como a partida foi pegada. Hulk e Oscar ficaram sumidos nas partidas até aqui e ainda não desencantaram nesta Copa das Confederações. Júlio César, exigido um pouco mais neste jogo, vem fazendo uma boa competição, podendo se firmar ainda nesse ano, goleiro titular da Seleção para a Copa de 2014.


A dupla de zaga também fez uma grande partida, enquanto novamente as laterais do Brasil foram as que mais sofreram com as investidas Italianas, principalmente pelo lado esquerdo com Marcelo, na qual saiu o primeiro gol Italiano. Hernanes, que substituiu Paulinho que estava machucado, fez um jogo regular. Uma opção que Felipão poderia usar, e ele usou, foi a entrada Bernard. Ele, e Lucas, poderiam ter entrado no meio do segundo tempo, dando muito mais velocidade ao Brasil nas saídas dos contra-ataques, podendo levar perigo nos próximos jogos, mas deixa estas alternativas nos próximos confrontos. O Brasil, que enfrentará o Uruguai, deverá abrir o olho com o trio de ataque uruguaio, Forlán, Suárez e Cavani, que desequilibra uma partida e procurar assumir o controle do jogo assim como fez no início contra a Itália, lembrando que os Uruguaios são casca grossa. A semi-final do Brasil x Uruguai disputará será dia 26/06 às 16h00 no Mineirão. A outra semi-final entre Espanha x Itália será no dia 27/06 às 16h00 na Castelão.


Acompanhe sempre o nosso blog, assine o nosso feed. Também não perca nenhuma postagem e fique sempre ligado em nosso blog. Curta a nossa página do facebook, siga-nos pelo twitter e circule-nos no Google +.

Por Patryck Leal
Texto de: FC Gols

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!

About us