Brasil vence o Uruguai, em partida equilibrada, e garante vaga na final; Espanha bate Itália e é a outra finalista


No jogo mais equilibrado até então na Copa das Confederações, o homem decisivo foi Paulinho. Contra uma Seleção bem fechada, com uma forte marcação, o volante do Corinthians, além de fazer o segundo gol, deu uma passe espetacular no início do primeiro, na vitória do Brasil sobre o Uruguai por 2x1. O gol do uruguaio foi feito por Cavani, melhor jogador da partida pela Seleção Azul Celeste. Destaque também para Júlio César, que defendeu o pênalti de Forlán, no início da partida quando o placar estava 0x0. A final será contra a Espanha, que venceu a Itália nos pênaltis por 7x6, após um jogo bem cansativo.

Esta partida foi uma verdadeira batalha. Com lances mais nervosos a Seleção conseguiu se manter bem, apesar do susto do pênalti no início do jogo. O atacante Cavani, além de ser um grande atacante, foi impecável na defesa, acompanhando os laterais até o fim, além de dar botes certeiros, como dizem alguns no Mundo do Futebol, até parecia que ele tinha dois pulmões (clique aqui e entenda). Enfrentando uma forte marcação, assim como no jogo contra a Itália, a Seleção teve dificuldades para criar. Com isso, o gol brasileiro saiu somente no fim do primeiro, no oportunismo de Fred aproveitando o rebote do goleiro Muslera no chute de Neymar, após o grande lançamento do Paulinho no centro do meio-de-campo.
Nesse jogo, a zaga foi boa segurando a pressão no fim do jogo, porém vacilou no gol do Uruguai. Dentro da área não se troca passe, e acabou perdendo a bola gerando o gol uruguaio. Esta questão de não ficar dando chutão direto, está correto, porém, o mesmo deve ser feito quando na tentativa de sair tocando a bola, a marcação do adversário estiver bem postada.
Destaque também para Júlio César, que defendeu nada menos que um pênalti no início do jogo.


Neymar ficou um pouco sumido, sem fazer alguma grande jogada de efeito, participou dos dois lances do gol e tentou partir para cima algumas vezes, e se estranhando um pouco com os Uruguaios, mandando até beijinhos. Bernard, o jogador que tem alegria nas pernas segundo Felipão, entrou e deu mais velocidade para a partida oferecendo perigo pelo lado direito, lembrando que as melhores jogadas brasileiras saem do lado esquerdo. Apesar de oferecer mais perigo ao adversário, o lado esquerdo é o que nos proporciona mais susto, por isso Felipão deve redobrar a atenção com Marcelo e não deixar o lateral mano-a-mano, tendo um na cobertura, podendo ser Paulinho ou Luis Gustavo caindo mais para a esquerda. Na final contra a Espanha, a marcação brasileira tem que se mais forte e apostar mais nos contra-ataques, podendo usar Lucas como válvula de escape no lugar de Hulk, por exemplo. Oscar poderia começar jogando, sendo que além do passe, ele também tem uma boa arrancada, ou entrar em seu lugar Hernanes, atuando na marcação e armando o jogo de trás.

Espanha (7) 0x0 (6) Itália:


Assim como no jogo do Brasil, a Espanha era a grande favorita para o jogo contra a Itália, devido também a goleada de 4x0 aplicada pelos espanhóis na final da última Eurocopa perante os italianos. Porém, o que se viu nos primeiros 90 minutos foi uma Itália com uma forte marcação acuando a Seleção Espanhola e criando grandes chances de gol, atuando melhor que contra o Brasil. Sem seu principal jogador, Balotelli, a Itália apostou em cruzamentos na área que levaram perigo. Diga-se de passagem, o jogador Maggio (nome parecido com Baggio) é um perigo em jogadas áreas, tendo um cabeceio perigoso, lembrando também da bola no travessão contra o Brasil. Com o 0x0 no tempo normal, o jogo foi para a prorrogação dessa vez com uma Espanha melhor e mais inteira fisicamente, levando perigo, principalmente com Mata e Jésus Navas que haviam entrado no 2º tempo. A Itália só havia levado perigo na bola na trave de Giaccherini que também fez um bom jogo no tempo normal. Nos pênaltis, apenas Bonucci foi o único que errou o pênalti, isolando a bola (ou melhor, mandando no estacionamento) garantindo a vaga Espanhola.
A disputa de terceiro lugar será às 13h00, neste Domingo dia 30/06 na Arena Fonte Nova em Salvador, enquanto a final será no mesmo dia às 19h00 no Maracanã.


Acompanhe sempre o nosso blog, assine o nosso feed. Também não perca nenhuma postagem e fique sempre ligado em nosso blog. Curta a nossa página do facebook, siga-nos pelo twitter e circule-nos no Google +.

Por Patryck Leal
Texto de: FC Gols

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!

About us