Galo mais forte que The Strongest


O Clube Atlético Mineiro deu na noite dessa última quinta-feira mais um sinal de sua força na disputa da Copa Kevin Libertadores da América. Força que está presente nas arquibancadas do estádio Independência, onde torcedores atleticanos cantaram antes, durante e depois da partida diante do The Strongest. Força que está no comando tático, através de uma filosofia de jogo ofensiva e de alta intensidade, promovida pelo excepcional técnico Cuca. Força que está na preparação física, pois há que se dar relevância ao fato de o Atlético conseguir impôr um dinamismo pouco comum e ainda assim manter fôlego até os minutos finais. Força que está no talento de seus jogadores, sobretudo no genial Ronaldinho Gaúcho, o grande nome do jogo.

Enfim, o Galo é forte. Fez um primeiro tempo razoável diante de um adversário organizado e aplicado. Criou pouco, basicamente através de jogadas de craque vindas dos pés de Ronaldinho. Levou alguns sustos, principalmente em jogadas que passassem pelo hábil Reina e pelo esperto Escobar. Mas veio o segundo tempo e com ele um crescimento do time da casa. Conseguindo fazer a bola circular com maior velocidade do que antes do intervalo, o time criou oportunidades de gol com maior frequência. Parou em grandes defesas de Vaca, mas conseguiu, finalmente, abrir a contagem. Cerca de um minuto antes do lance do gol, Tardelli havia cruzado da direita para conclusão de Bernard que carimbou a trave. Era o prenúncio da celebração: aos onze, Ronaldinho cruzou da esquerda e Jô, após desvio na defesa, concluiu para a rede. Ou seja, em duas jogadas de ataque, participação de dois pares de jogadores ofensivos no esquema tático de Cuca.

Tardelli marcaria o segundo após envolvente ataque atleticano, mas foi marcado impedimento daqueles que o assistente acusa na base do "chutômetro". Nesse caso, o chute foi tão certo quanto o de Tardelli. Aos vinte e sete, sem impedimento, Marcos Rocha recebeu magistral enfiada de bola de Ronaldinho e Torrico não viu outra alternativa que não fosse a de cometer pênalti. Cometeu, levou cartão amarelo e Ronaldinho partiu para a cobrança. Com a personalidade de quem não parecia vir de três desperdícios consecutivos, o craque cobrou rasteiro no canto direito e foi comemorar. 2a0.

No final, Mergal, que acabara de entrar, descontou para o The Strongest. Justo, até porque o time boliviano mostrou grande disciplina tática e alguma qualidade na transição ao ataque. Certamente dará muito trabalho quando estiver jogando em seus domínios altimétricos.

Com nove pontos em três jogos, o Atlético (grupo 3) e o Tijuana (grupo 5) são as únicas equipes com 100% de aproveitamento até o momento. E há que se valorizar os feitos, até porque fazem parte dessas chaves equipes da qualidade de um São Paulo e de um Corinthians, respectivamente.

Acompanhe sempre o nosso blog, assine o nosso feed. Também não perca nenhuma postagem e fique sempre ligador em nosso blog. Curta a nossa página do facebook, siga-nos pelo twitter e circule-nos no Google +.


Por Soham
Texto de: Jogada de (E)feito

Related Articles

6 comentários:

  1. Boas....

    Pois bem, o futebol Boliviano está a anos luz do Brasileiro e isso mais uma vez se viu nesta partida onde o Galo foi dono do...galinheiro Boliviano com Ronaldinho a cantar mais alto.

    Abraço

    A Liga do palpite já está fervendo no blog ...paixaodabola.

    Mattos...paixaodabola.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Patryck, esse logo da página no final da postagem não leva até o línqui original. Verifica aí. Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Mattos,

    O Atlético-MG está em grande fase e foi superior ao The Strongest, clube sem muita tradição,mas que poderia surpreender assim como fez o Huachipato contra o Grêmio.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. O Galo controlou o jogo do início ao fim e só tomou o gol porque relaxou. falo e repito o mesmo que dizia no Brasileirão do ano passado: se o Cuca não inventar, o Atlético-MG pode ir longe nesta Libertadores. Taí a campanha do ano passado que não nos deixa mentir.

    Saudações!!!

    ResponderExcluir
  5. FuteB.R.O.N.C.A.!,

    Realmente o Galo vive um grande momento. Ano passado fez uma temporada brilhante e este ano tem tudo para repetir tal feito com um grande elenco.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!

About us