Coluna do Patryck: Tecnologia junto aos árbitros no futebol, seria uma boa?


Estou desde o ano passado pensando em escrever sobre este assunto, porém deixei para ser o primeiro post de minha coluna neste ano de 2013, cujo tema principal é: Tecnologia e futebol, teria como usar os dois juntos?
Acredito que boa parte dos amantes de futebol já tenham se perguntado sobre isso, utilizando a tecnologia, a fim de diminuir os erros dos juízes, sendo que usada em outros meios, como câmeras e outros, está sendo bem utilizada.

Um exemplo é a implantação do chip na bola, que será usada na Copa das Confederações, que para mim será uma boa, podendo evitar erros como os cometidos como por exemplo, a bola da Inglaterra que entrou, e o juiz não validou, no jogo contra a Alemanha em 2010, jogo o qual a Seleção Alemã venceu por 4x1. Porém, o gol foi anulado enquanto o jogo estava 2x1 para a Alemanha ainda no primeiro tempo, podendo mudar o futuro do jogo.

Outro caso mais recente foi entre Palmeiras e Internacional, o qual o juiz anulou o gol de mão de Barcos, porém, com o auxílio da tecnologia, coisa que é proibida. O caso teve grande repercussão, com o Palmeiras indo ao STJD em busca da anulação da partida, lembrando que o clube Paulista brigava para não cair para série B. O resultado manteve-se com vitória do Colorado. Lembrando que o mesmo juiz deste jogo teve um lance, o qual contou com a ajuda (suspeita) de imagens da televisão, na partida entre Joinville x Atlético-PR pela série B.

Imagem: Águia Azul

Estes são a penas alguns erros, de outros tantos cometidos pela arbitragem (não só, mas principalmente brasileira) que poderia ser evitados, caso usassem a tecnologia em prol dos árbitros.
Também é válido lembrar que no Futebol Americano a repetição de imagens (a tecnologia no caso) é amplamente usada, sendo que também com o uso das imagens, mantiver a dúvida, fica a marcação que foi dada primeiramente no campo.

A ideia que eu tive em quando estava planejando fazer este post, seria nos lances em que gerassem dúvidas nos árbitros e bandeirinha também, tivesse dois ou mais assistentes que pudessem ver o replay dos lances e avisá-los aos juízes. No caso de um impedimento, o juiz paralisava o jogo e via o replay (em lance capital da partida). Se o impedimento existiu, continua o jogo, mas se não teve o impedimento, poderia cobrar uma espécie de falta onde o jogo foi paralisado, mas sem o time adversário ceder muito espaço para o chute, como se fosse uma cobrança rápida de falta. O mesmo repetiria para faltas e pênaltis  no caso do último, se não fosse comprovado o mesmo, o juiz daria uma espécie de tiro de meta. Já se a dúvida for gol, se for comprovado que foi gol, valida o lance, se não for gol, o jogo continua de onde parou (como uma cobrança rápida) com o time que tiver a posse de bola.

O esporte iria ficar um pouco mais parado, porém, eliminaria boa parte dos problemas de arbitragem tão comuns neste esporte principalmente nos últimos tempos.
Esta é minha ideia que compartilhei com vocês. Cada um fica com a sua opinião, e se quiser expressá-la, coloque-a em seu comentário logo abaixo do post. Abraços.

Related Articles

6 comentários:

  1. Acho que a tecnologia pode ajudar, e muito. Acredito que até já passou da hora!

    Abraços!
    www.dilemascotidianos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. A falta de profissionalismo, e incompetência é tanta, que temos de confessar que era o melhor e mais rápido a ser feito. Abraço!

    www.assuntodofutebol.com.br

    ResponderExcluir
  3. Bruno Mello Souza,

    Também acho, principalmente depois das polêmicas do Brasileirão do ano passado.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Fábio Fernandes,

    A arbitragem brasileira foi muito ruim em 2012, vamos ver neste ano de 2013.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. A grande verdade é que os árbitros já utilizam uma certa tecnologia de comunicação e, vamos combinar, ajuda muito pouco> volto a insistir: enquanto a FIFA não incrementar, treinar e valorizar o elemento humano, a arbitragem fica essa vergonha mundial. Mais aqui do que na Europa.

    SAudações!!!

    ResponderExcluir
  6. FuteB.R.O.N.C.A.!,

    Concordo, a comunicação ajuda muito pouco, por isso seria legal que a FIFA permitisse o uso da tecnologia, que acho que foi usada (irregularmente) no jogo do Flamengo. Seria um "reforço" para a arbitragem.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!

About us