Arbritagem era demais a favor do Atlético-PR, mas Coritiiba massacra e vence o primeiro clássico de 2013: 2 a 1


O jeito era ganhar. Já sabendo que o Londrina venceu o J. Malucelli (2 a 0), o Coritiba entrou com tudo para o clássico, e venceu por 2 a 1, com gol de Pereira e Deivid -Taiberson descontou para o Furacão. Foi um massacre alviverde, desde o primeiro até o apito final só deu Verdão (Claro, o Atlético-PR criou, mas muito pouco). E a arbitragem... Ruim demais, primeiro em um lance em que Santos -goleiro do CAP- quase QUEBROU a perna de Gil, nem amarelo recebeu o goleiro do Furacão. Depois em um lance em que Alex marcou em uma falha do mesmo goleiro Santos (onde Alex nem encostou nele), e depois em uma dura falta de Heracles em Arthur. O Coritiba desperdiçou várias, em 3 oportunidades, os defensores do atleticanos tiraram em cima da linha.

Coritiba começa com tudo, e Robinho quase abre o placar no começo da partida; Leandro Almeida também quase marca

Começo de jogo, Coritiba com um belo time (Vanderlei; Leandro Almeida, Chico e Pereira; Willian Farias, Gil, Patric, Robinho e Alex; Rafinha e Deivid (Vermelho) e um Atlético Sub-23 (Santos, Léo (Vermelho), Diego Ivo, Bruno Costa, Heracles, Renan Foguinho, David Henrique, Hernani, Harrison, Douglas Coutinho e Ricardinho). Aos 15 minutos a primeira grande oportunidade, Deivid pega na área, da um lindo passe para Robinho, que manda um foguete, que passa por cima de Santos.

Com o estádio cheio, o Coritiba continuou indo para cima, 4 minutos depois de Robinho quase marcar, a chance foi de Leandro Almeida. Após escanteio cobrado por Alex, Leandro Almeida cabeceia firma e forte, porém a bola subiu demais.

Depois de muita pressão, em 3 minutos, Pereira e Deivid fazem a alegria do torcedor

Era dia coxa-branca mesmo... Depois de Robinho e Leandro Almeida tirarem o "Uuhhhhhh" do torcedor, foi a vez de Pereira fazer a galera delirar no Couto Pereira, aos 25 dop primeiro tempo, após cruzamento de Alex, Pereira sobe mais que os atleticanos e marca de cabeça, abrindo o placar, festa Coxa-Branca.

Depois de 3 minutos, com o embalo do primeiro gol, foi a vez do artilheiro Deivid deixar o seu, após longo cruzamento da zaga para o ataque, a bola cai nos pés de Rafinha, que com uma passe pressiozissimo, cruza com beleza para Deivid só escorar para as redes. Placar justo até então.

Santos faz falta dura em Gil, e se lesiona feio; No mesmo lance, Deivid e Léo trocam socos e são expulsos

O jogo estava sendo um espetáculo, mas Santos 'conseguiu' fazer o jogo ficar feio, Deivid e Léo então... Só dava Coxa, e aos 35 minutos, Gil recebe passe preciso, era a hora do terceiro. Sqn'. Santos sai de forma violenta, violenta mesmo, e atinge feio a perna de Gil, que era pra Vermelho sem discussão. Bom, pro goleiro não saiu nada, só uma 'bronquinha', revolta da equipe Coxa-Branca. Aí que surgiram dois personagens que estragaram o jogo: Deivid e Léo, Inconformado com a falta sem punição, Deivid foi pra cima de Santos, foi quando Léo e Deivid se estranharam, trocaram tapas e ambos foram expulsos.

Com Alex, Coxa faz o terceiro, mas (erradamente) juiz invalida o gol 

Era jogo de um time só. Coritiba em uma tarde inspirada, marcou o terceiro com Alex, mas o 'bandeirinha' invalidou o gol, causando revolta nos torcedores e no próprio Alex. Após receber linda bola na entrada da área do meio campo, Alex se encontra com Santos, e protege a bola, após falha feia de Santos, empurra para as redes. 

Com a bunda, Santos faz defesa estranha, e impede gol de Leandro Almeida

É amigo, que jogo... O Coritiba administrava bem o placar de 2 a 0, e queria mais. A tarde não era de tanta sorte (risos). Após falta cobrada por Alex, a bola vai na trave direta, onde chegava Leandro Almeida. Em uma cabeçada a queima roupa, Santos defende todo esquisitão, e senta na bola, evitando o terceiro do time do Alto da Glória.

Jogos dos gols perdidos!! Júlio César o 'cara' da vez

Tava difícil, hein... Após fazer tabela com Rafinha, Patric recebe pela direita, cruza para Júlio César, que da uma leve erguida na bola, e manda uma bomba, mas como a bola foi no meio do gol, Santos defendeu sem dificuldades.

Depois de muito tempo, Taiberson manda um balaço e obriga Vanderlei a maadar pra fora

Aos 29 do segudo tempo - Após William bater de fora da área, com interceptação da zaga -, Hernani e Taiberson conseguem 'engatar' contra-ataque, e Hernani da passe para Taiberson antes da grande área, e manda uma bomba de esquerda, indo no ângulo, Vanderlei pula bem, e joga pra escanteio.

Resposta com grande estilo!! Júlio César manda por cobertura, e Bruno Costa tira em cima da linha

U minuto depois de quase o Atlético-PR empatar, Alex muito esperto, após receber falta, viu que o time Atleticano estava todo desatento, e deu um passe de 'trivela' para Júlio César, que de fora da área, na saída de Santos mandou por cobertura, era o terceiro... Sqn' Bruno Costa, há uns 10 cm's da linha que cruzava o gol, tirou. Evitando o terceiro do Coxa.

Quem não faz, leva! Taiberson dribla duas vezes Pereira, e faz uma 'arte' no Alto da Glória

O famoso "Quem não faz, leva." entrou em ação nesse domingo, depois de desperdiçar 4 ou 5 chances clárrisimas de gol, veio o empate do Atlético Paranaense. Com o menino Taiberson - Único jogador que criou a única chance de gol do Atlético-PR no jogo - que marcou um golaço, entortou Pereira duas vezes, e com a perna direita mandou no cantinho, sem chances para Vandelei.

E o jogo ficou nisso, Coritiba 2 a 1. Com um massacre Coxa-Branca, que prevaleceu o jogo todo. Até a próxima pessoal!

Acompanhe sempre o nosso blog, assine o nosso feed. Também não perca nenhuma postagem e fique sempre ligador em nosso blog. Curta a nossa página do facebook, siga-nos pelo twitter e circule-nos no Google +.

Por Adoniram Uilliam
Texto de: FC Gols

Related Articles

0 comentários:

Postar um comentário

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!

About us