segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Retrospectiva 2012: Neymar, o craque e Corinthians, o time do ano

Para encerrar a retrospectiva destaques para o time e o craque do ano.

O TIME DO ANO: CORINTHIANS CONQUISTA O MUNDO E A AMÉRICA

O ano de 2012 ficará marcado na história do Sport Club Corinthians Paulista. Cinco anos depois de ser rebaixado pra Série B, o Timão coroa uma histórica volta por cima conquistando os dois títulos mais importantes da sua história.



A primeira grande conquista foi a Libertadores. Depois de várias tentativas, finalmente o Timão conquistou o tão sonhado título continental. Com uma campanha indiscutível o Corinthians chegou a seu primeiro título com luta e sofrimento. Depois de uma tranquila primeira fase,o Timão passou fácil pelo Emelec nas oitavas, depois contra o Vasco nas quartas um duelo tenso. Dois heróis foram destaque no jogo da volta. O goleiro Cássio se firmava de vez ao realizar uma defesa difícil e Paulinho levou a loucura os torcedores ao marcar de cabeça o gol da suada vitória. Na semifinal, outro time brasileiro, o Santos de Neymar. No primeiro jogo, brilhou a estrela de Emerson Sheik que marcou um golaço, na volta, Neymar abriu o placar, mas na segunda etapa logo no começo, o Timão chegava ao empate com Danilo. O Corinthians chegava à final.




O adversário na final era o temido Boca Juniors da Argentina. O primeiro jogo foi no estádio da Bombonera. O Corinthians não se intimidou e arrancou um suado empate graças a Romarinho que marcou o  gol que colocou o time em boas condições de levar o título. Na noite de 4 de julho, o Pacaembu estava lotado e empurrado pela torcida, o Corinthians arrancou para o título. Emerson Sheik mostrou porque era predestinado ao marcar os dois gols do tão sonhado título corintiano. Pronto, a América era do Timão.

O desafio da vez seria o Mundial de Clubes no Japão. A torcida numa demonstração de carinho foi até o Aeroporto de Congonhas para dar seu apoio ao time. O Japão foi tomado de assalto pelos torcedores corintianos e essa louca paixão foi colocada à prova no jogo de estreia contra o Al Ahly em Toyota. O estádio se transformou em um segundo Pacaembu e mesmo jogando mal, o Timão venceu com gol de Paolo Guerrero.




Só faltava o Chelsea. Os ingleses atropelaram o Monterrey, mas pararam em Cássio. O goleiro corintiano foi um gigante no gol, pegando tudo. O Timão jogava com raça e no segundo tempo chegou ao gol. Numa jogada que começou com Paulinho, Danilo chutou em cima de Cech, a bola desviou e o predestinado Guerrero cabeceou para marcar o gol que levou à loucura milhares de torcedores no Japão, em São Paulo e no Brasil. Corinthians era bicampeão mundial de clubes coroando um ano inesquecível.







Neymar, o craque do ano



Neymar seguiu ditando moda no futebol brasileiro em 2012. Com seus gols ajudou o Santos a vencer dois títulos: campeão paulista e campeão da Recopa. Nas comemorações, ele dançou o Tchu Tcha de João Lucas e Marcelo. O jogador esteve brilhando na seleção, pena que não pode fazer nada para trazer o ouro olímpico em Londres. Um dos maus momentos foi o pênalti na Lua em amistoso contra a Colômbia. Dentre os bons momentos, um golaço contra o Inter pela Libertadores (concorrerá ao Prêmio Puskas novamente, pois venceu em 2012 pelo golaço contra o Flamengo) e outro contra o Atlético Mineiro pelo Brasileirão. Nesses dois gols, ele pegou a bola do meio campo e saiu enfileirando os rivais. Contra o Cruzeiro ele fez os torcedores rivais aplaudirem sua mágica atuação. Fora dos campos foi apontado como affair da atriz Bruna Marquezine.

A Retrospectiva do FC Gols termina aqui e eu Kleber Nunes desejo aos leitores um feliz 2013 para todos!

3 comentários:

  1. Boas...

    Bem, Neymar é mesmo craque mas falta mostrar o seu real valor no continente europeu para estar ao lado de Ronaldo e de Messi.
    Quanto ao Corinthians, a sua vitória ante o Chelsea diz tudo...

    A liga do palpite no blog paixaodabola está em andamento...palpite já.

    Abraço

    Mattos..paixaodabola.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Mattos,

    Talvez não seja muito bom que o Neymar vá para Europa devido ao estilo de jogo Europeu, mas em compensação, pode ser bom para que o Brasileiro evolua seu bom futebol. Isto é uma dúvida que será respondida quando ele for para Europa.
    Agora sobre o o Corinthians, o clube Paulista mostrou uma força depois que caiu para a Série B impressionante, conquistando a Libertadores e o Mundial.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Fala Patryck, estou de volta a Blogosfera! Pode me linkar? Já linkei o FC gols novamente :)

    Belo post, Neymar mais uma vez foi o cara em 2012, mesmo com o Santos tendo feito um ano mixuruco, mas ele é de longe o maior craque do país. E o Corinthians dispensa comentários, eu tive toda a minha energia de torcedor, sugada em 2012 com essas duas mosntruosas conquistas, foi muita felicidade. Esses títulos começaram em 2007, um dia após a nossa queda para a série B. A partir daquele dia o timão mudou, se renovou, trabalhou sério, e hoje é uma potência mundial, e exemplo de planejamento e estrutura. Sem contar que dentro desses 5 anos, fizemos a escada dos títulos, faltando apenas a Copa Sul-Americana. Grande abraço!

    Este é meu novo espaço:

    http://futmes.blogspot.com.br/2013/01/nem-cronaldo-nem-messi-idolatria-sem.html

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!