terça-feira, 7 de agosto de 2012

Vitória heroica do vôlei e futebol mais perto do ouro inédito

O Brasil já tem mais duas pratas garantidas no futebol e no vôlei de praia masculino. A terça foi marcada por uma vitória antológica do vôlei feminino brasileiro e da decepção de Maurren Maggi.

Uma vitória épica para ressurgir o vôlei feminino:

O técnico José Roberto Guimarães dá um peixinho depois da vitória sobre a Rússia


Jonne Roriz/AE
Foi uma vitória na raça, com garra e coração. O Brasil estava com a Rússia entalada na garganta desde aquele 24 - 19 de Atenas, seguiu com as duas derrotas nos mundiais de 2006 e 2010 e vinha de uma irregular campanha na primeira fase. Do outro lado estava a Rússia, que terminou a fase classificatória invicta. Hoje no Earls Court, a história mudou. Depois de uma verdadeira batalha de cinco sets, o Brasil despachou a Rússia por 3 sets a 2 (24/26, 25/22, 19/25, 25/22 e 21/19). O tie break foi eletrizante e a Rússia teve seis chances de fechar a partida, mas do outro lado Sheila não amarelou e meteu bolas incríveis. A última bola veio em cortada de Fabiana que mandou Gamova, Sokolova e cia de volta pra casa. Agora o Brasil encara o Japão que venceu a China também por 3 sets a 2. No outro cruzamento Estados Unidos e Coreia do Sul fazem a outra semifinal.

Só resta um no caminho do inédito ouro do futebol:



A seleção brasileira de futebol está pertinho de enfim ser campeã olímpica no futebol. Hoje em Manchester a equipe de Mano Menezes superou a correria da Coreia do Sul e despachou os rivais por 3 x 0. Leandro Damião fez dois gols e Rômulo fechou a vitória. No sábado em Wembley o Brasil decide a medalha de ouro contra o México que despachou o Japão por 3 x 1.

Apagão tira guerreiras do handebol do sonho da medalha:

Lalo de Almeida/Folhapress e Flávio Florido/UOL



7 de agosto - A jogadora Fernanda Silva chora apos a partida do time feminino de handebol do Brasil que perdeu para o time da Noruega no ginasio Copper Box no Parque Olimpico em Londres


Goleira Chana chora após término do jogo contra a Noruega, que eliminou o Brasil da Olimpíada
O Brasil chegou a Londres pensando em subir ao pódio, pois essa possibilidade caiu por terra hoje diante da Noruega. O time chegou a dominar as adversárias e vencer por seis gols de diferença, mas as frias nórdicas controlaram os nervos e aproveitaram os erros para virar e vencer por 21 x 19 se classificando para a semifinal. Mesmo com essa derrota doída, as meninas do handebol estão de parabéns, pois fizeram uma brilhante campanha. Se a medalha não deu, quem sabe daqui a quatro anos no Brasil!

Emanuel e Alison na final masculina do vôlei de praia e dupla feminina disputa o bronze:

Petr David Josek/AP e Divulgação




Foto: Divulgação
No vôlei de praia, o Brasil terá uma prata garantida no masculino. A dupla Alison e Emanuel se garantiu na decisão mostrando o favoritismo ao vencer a dupla da Letônia Plavins e Smedins por 2 sets a 0 (21/15 e 22/20). Na quinta, a dupla decidirá o torneio com a dupla da Alemanha formada por Brink e Reckermann. Já Juliana e Larissa não tiveram a mesma sorte e foram derrotadas pelas americanas Ross e Kessy por 2 sets a 1 (15/21, 21/19 e 15/12) e vão disputar a medalha de bronze contra as chinesas Xue e Zhang que perderam para as americanas Walsh e May.

Maurren fracassa e dá adeus à Olimpíada:

Pawel Kopczynski/Reuters

Maggi não passou das eliminatórias Foto: PAWEL KOPCZYNSKI / Reuters


A Olimpíada de Londres acabou para Maurren Maggi. A campeã de Pequim fracassou nas eliminatórias e com 6,37 ficou em 15º lugar ficando fora da final olímpica. O atletismo brasileiro ainda teve as classificações de Bruno Lins e Aldemir da Silva para as semifinais dos 200 metros rasos, as eliminações de Sandro Viana nos 200, Evelyn dos Santos nos 200 m feminino e Fabiano Peçanha nos 800 metros. No salto triplo, Jonathan Henrique ficou em 14º lugar e está fora da final. No lançamento de dardo, Laila Ferrer também ficou de fora.

O desempenho dos brasileiros:

- A dupla formada por Erlon Silva e Ronílson Oliveira se classificou pra final da canoa dupla de 1000 metros.

- Fernando Reis ficou em quarto lugar no grupo B e foi eliminado no levantamento de peso categoria até 105 kg.

- Ricardo Winicki terminou a regata match race em 5º, mas na classificação geral ficou em nono. Fernanda Oliveira e Ana Barbachan segue na quinta posição na classe 470.

- No triatlo masculino, Reinaldo Colucci terminou em 36º e Diogo Sclebin foi o 44º colocado.

- César Castro ficou em 17º lugar e foi eliminado na semifinal do trampolim de 3 metros.

Quadro de medalhas

PaísOuroPrataBronzeTotal
China34211873
EUA30192170
Grã-Bretanha22131348
Coreia do Sul125623
Rússia10182048
23ºBrasil2158

Um comentário:

  1. Que vitória das nossa meninas do Vôlei contra a Rússia! Uma vitória com garra e força!

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!