domingo, 5 de agosto de 2012

Usain Bolt atropela e é bi olímpico e Robert Scheidt iguala Torben Grael

O domingo foi especial para dois esportistas que alcançaram glórias distintas. Robert Scheidt conquistou sua quinta medalha olímpica e Usain Bolt confirmou o favoritismo nos 100 metros rasos.

Robert Scheidt iguala Torben Grael e conquista sua quinta medalha olímpica:

Jorge Zapata/EFE



O velejador Robert Scheidt se tornou neste domingo o segundo atleta brasileiro que conquistou mais medalhas olímpicas na história igualando a marca de Torben Grael que também tem cinco medalhas, sendo que Scheidt tem duas pratas contra uma de Torben. Hoje na decisão da classe Star, uma estratégia errada custou a medalha de prata e Scheidt acabou ficando com o bronze ao lado de Bruno Prada. O ouro foi para a dupla da Suécia. Ainda na vela, Ricardo Winicki, o Bimba está na match race da RS:X que será realizada amanhã, mas ele não tem chance de chegar à medalha. E na 470, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan estão na quinta posição.

Vôlei brasileiro vence Sérvia com facilidade:

Ivan Alvarado/Reuters

Jogadoras do Brasil festejam ponto de bloqueio da equipe durante a partida contra a Sérvia


Na sua melhor atuação na Olimpíada, a seleção de vôlei feminino do Brasil derrotou a Sérvia com enorme facilidade: 3 sets a 0 (25/10, 25/16 e 25/22) em 1 hora e dez minutos. Antes, a seleção dos Estados Unidos venceu a Turquia por 3 sets a 0, resultado que ajudou o Brasil. Na próxima fase, já pelas quartas de final a seleção de José Roberto encara a Rússia.

Meninas do handebol terminam em primeiro mesmo com vaias:

Miguel Medina/AFP



A seleção feminina de handebol terminou em primeiro lugar na fase de grupos mesmo vencendo a seleção de Angola debaixo de vaias por 29 a 26. A seleção terminou a fase em primeiro junto com a Croácia, mas com vantagem no confronto direto. Agora o Brasil encara nas quartas de final a seleção da Noruega, atual campeã mundial e olímpica na terça feira.

Basquete feminino vence na despedida:

Eric Gay/AP e Marcelo Sayão/EFE



Pressionada pela marcação, a pivô Clarrisa tenta jogada ofensiva na partida contra o Reino Unido


Na despedida das Olimpíadas, o Brasil finalmente venceu uma partida no torneio feminino de basquete. A seleção venceu as britânicas por 78 a 66 e terminou a Olimpíada em nono lugar, melhorando duas posições em relação à Pequim quando ficou em décimo primeiro lugar.

Brasil avança no vôlei de praia:

Dave Martin/AP



O vôlei de praia segue com chances de ganhar medalha nos Jogos Olímpicos. Agora há pouco a dupla Juliana e Larissa despachou a dupla da Alemanha Ludwig e Koller por 2 sets a 0 e avançou às semifinais da modalidade onde na terça feira enfrentam as americanas Ross e Kessy.

Boxe feminino fica perto da medalha e Robenilson para em cubano:

Ivan Sekretarev/AP e Reuters



Reuters

O boxe brasileiro tem mais uma chance de medalha, agora no boxe feminino. A pugilista Adriana Araújo superou uma punição para vencer de virada a atleta Saida Khassenova do Cazaquistão por 16 a 14 e agora encara nas quartas de final a marroquina Oubtil e uma vitória garante uma medalha. Já Érica Matos e Roseli Vieira ficaram pelo caminho. Érica foi eliminada pela venezuelana Magliocco pela diferença mínima e Roseli foi derrotada pela chinesa Jinzi Li. Já Robenílson de Jesus foi derrotado pelo cubano Lazaro Estrada por pontos e deu adeus à medalha olímpica.

Delírio na quadra: Andy Murray ganha o ouro em Wimbledon:

Andy Rain/EFE



Medalhe de ouro é o 22º título da carreira do britânico - Andy Rain/EFE
Depois de 100 anos um inglês voltou a ganhar medalha de ouro no tênis olímpico. Ao contrário de um mês atrás em Wimbledon, o britânico Andy Murray não deu chances ao suíço Roger Federer e arrasou o rival por 3 sets a 0 (6/2, 6/1 e 6/4) para levar ao delírio a torcida que lotou a quadra central do All England Club em Wimbledon. A medalha de bronze ficou com o argentino Juan Martin del Potro que bateu o sérvio Novak Djokovic por 2 sets a 0.



Stefan Wermuth/Reuters



REUTERS/Stefan WermuthOntem Serena Williams arrasou a russa Maria Sharapova na final de simples e hoje conquistou junto com a irmã Venus a medalha de ouro nas duplas se tornando tricampeãs olímpicas. A dupla venceu na final a dupla da República Tcheca por 2 sets a 0.








Simplesmente Bolt:

Jonne Roriz/AE, Dylan Martinez, Emmanuel Durant/AFP, Kai Pfaffenbach/Reuters e Phil Noble/AFP



O jamaicano Usain Bolt vence os 100 m com 9s63 seguido pelo compatriota Yohan Blake (9s75) e pelo americano Justin Gatlin (9s79) Veja a evolução da prova nos últimos 100 anos em infográfico exclusivo



Usain Bolt comemora o ouro e o recorde olímpico nos 100m com a sua marca registrada Foto: Dylan Martinez / Reuters
O jamaicano Usain Bolt confirmou o favoritismo e levou o bicampeonato olímpico dos 100 metros rasos, a prova mais rápida do atletismo com novo recorde olímpico: 9s63. Bolt largou atrás, mas rapidamente reagiu e avançou com velocidade para levar a prova pela segunda vez. Seu compatriota Yohan Blake ficou com a medalha de prata e o americano Justin Gathlin ficou com o bronze.

O desempenho dos brasileiros:

- Na maratona feminina, Adriana Aparecida da Silva ficou em 47º lugar na prova que teve como vencedora a etíope Tiki Gelana com a queniana Priscah Jeptoo em segundo e a russa Tatyana Petrova em terceiro. No salto em altura, Guilherme Cobbo foi eliminado depois que não conseguiu passar dos 2,21 m;

- No hipismo, Álvaro de Miranda Neto, o Doda zerou novamente o percurso e segue em primeiro na classificação geral individual. O Brasil se classificou pra final por equipes e José Reynoso e Rodrigo Pessoa também avançaram pra final individual que será na quarta.

- No nado sincronizado, Nayara Figueira e Lara Teixeira ficaram em 12º na rotina técnica do dueto.

Quadro de medalhas:

PaísOuroPrataBronzeTotal
China30171461
EUA28141860
Grã-Bretanha16111037
Coreia do Sul104620
França88925
29ºBrasil1157

Um comentário:

  1. Tenho esperanças tanto no Handebol, como (e principalmente) no Vôlei de Praia. Vamos torcer para que os atletas do nosso país conquistem amais medalhas, de preferência de Ouro!

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!