segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Brasil tem um dia feliz com ouro e duas medalhas garantidas

O esporte brasileiro viveu uma segunda feira positiva com boas vitórias no vôlei e no basquete e mais três medalhas, um ouro inédito e histórico na ginástica e o boxe com duas medalhas garantidas.

Arthur Zanetti faz história na ginástica brasileira

Ivo Gonzalez/Ag. O Globo

Arthur Zanetti comemora com sua medalha de ouro Foto: Ivo Gonzalez


Ele era um desconhecido até meados do ano passado quando surpreendeu conquistando a medalha de prata no mundial da modalidade. Hoje Arthur Zanetti escreveu seu nome na história da ginástica artística nacional. Ele foi o último a se apresentar e com uma apresentação perfeita cravou a nota 15.900 ficando com a medalha de ouro histórica superando o chinês campeão olímpico e mundial Yibing Chen que ficou com a prata. Essa medalha pode ser um grande divisor de águas na ginástica depois das decepções dos irmãos Hypólito.

Boxe brasileiro sai de jejum com duas medalhas garantidas:

Fotos de Murad Sezer/Reuters 





A pugilista baiana comemora vitória nas quartas de final sobre a marroquina Mahjouba Oubtil na categoria até 60 kg Leia mais

Esquiva Falcão é declarado vencedor no confronto contra o húngaro Zoltan Harcsa nas quartas de final
Acabou um jejum que durava 44 anos. Desde o bronze de Servílio de Oliveira nos Jogos Olímpicos de 1968 que o Brasil não ganhava medalha. A espera acabou: e em dose dupla. Nesta segunda dois pugilistas garantiram no mínimo a medalha de bronze. Adriana Araújo e Esquiva Falcão estão nas semifinais. Adriana venceu a marroquina Mahjouba Outbil por 16 a 12 avançando pras semifinais do peso leve, garantindo a inédita medalha pro boxe feminino brasileiro, já que a modalidade estreia nestas Olimpíadas. A outra medalha garantida é para Esquiva Falcão nos médios depois da vitória sobre o húngaro Zoltan Harcsa por 14 a 10 e na sexta luta para chegar à final. O Brasil ainda tem outro pugilista que pode chegar à medalha com Yamaguchi Falcão que luta na quarta feira e pode garantir mais uma medalha.

Brasil vence Espanha e enfrenta Argentina:

Mike Segar/Reuters

Marquinhos salta para marcar dois pontos para o Brasil marcado de perto por espanhóis


O Brasil não deu a mínima para uma "entrega" e com grande atuação no último quarto venceu a seleção da Espanha por 88 a 82 terminando em segundo lugar no grupo B das Olimpíadas. O destaque da partida foi Leandrinho que marcou 23 pontos. A seleção brasileira terá pela frente a Argentina, equipe que o técnico Rubén Magnano conhece muito bem, pois foi ele que dirigiu a equipe que foi campeã olímpica nos Jogos de Atenas em 2004. Os hermanos perderam para os americanos por 126 x 97.

Argentina no caminho do vôlei masculino:

Ivan Alvarado/Reuters

Jogadores da seleção brasileira comemoram ponto da equipe na partida contra a Alemanha


A Argentina também está no caminho brasileiro no vôlei. No sorteio realizado após a tranquila vitória diante da Alemanha por 3 sets a 0 (25/21, 25/19 e 25/22) o Brasil deu sorte e vai enfrentar a seleção da Argentina na quarta feira às 10 da manhã. Polônia e Rússia vão se enfrentar nas quartas de final. A vitória de hoje serviu para dar ritmo a alguns jogadores como Giba.

Só uma dupla segue no vôlei de praia:

Marcelo del Pozo/Reuters

REUTERS/Marcelo del Pozo


O Brasil segue com uma dupla no torneio masculino de vôlei de praia. Alison e Emanuel seguem vivos na briga por medalhas e hoje diante dos poloneses Fijaek e Prude teve de salvar um match point contra para vencer de virada por 2 sets a 1 (21/17, 16/21 e 17/15) e agora encaram nas semifinais a dupla da Letônia. Já Ricardo e Pedro Cunha foram eliminados ao perderem para a dupla alemã Reckermann e Brik por 2 sets a 0 (15/21 e 19/21).

Teresina recebe nossa judoca de ouro:

Divulgação



Teresina parou para receber Sarah Menezes. Nossa judoca de ouro foi recebida por mais de 400 pessoas no saguão do Aeroporto de Teresina e desfilou em carro aberto dos Bombeiros numa grande carreata.

O desempenho dos brasileiros:

- No atletismo, Fabiano Peçanha se classificou para as semifinais dos 800 metros rasos, nos 200 metros Evelyn dos Santos avançou e Ana Cláudia Lemos perdeu a compostura depois de sua atuação dizendo que foi uma m... No lançamento de disco, Ronald Julião não passou das eliminatórias e Geisa Arcanjo ficou na oitava colocação na final da modalidade.

Luís Alvarenga/Ag. O Globo

Álvaro Affonso de Miranda Neto, o Doda, durante a competição de saltos no hipismo Foto: Luis Alvarenga / O Globo


- No hipismo dois cavaleiros se classificaram para as finais da prova de saltos individual. Álvaro de Miranda Netto e Rodrigo Pessoa disputarão medalhas. Na prova por equipes o Brasil terminou em oitavolugar.

- Nos saltos ornamentais César Castro avançou para a final com a 14ª colocação. A final será amanhã.

Bronze para Isinbayeva

Reuters

Yelena Isinbayeva, Salto com Vara, Atletismo (Foto: Agência Reuters)


A russa Yelena Isinbayeva ficou apenas com o bronze na final do salto com vara feminino. Ela não conseguiu passar de 4,70 e viu a americana Jennifer Suhr ficar com a medalha de ouro.

Quadro de medalhas:

PaísOuroPrataBronzeTotal
China31191464
EUA29151963
Grã-Bretanha18111140
Coreia do Sul115622
França89926
22ºBrasil2158


Um comentário:

  1. Ouro inédito conquistado por Arthur Zanetti. E duas medalhas garantidas no Boxe, que se não me engane, fazia 40 anos que não obtínhamos uma medalha nessa modalidade.
    E o Vôlei de Praia continua com chances de medalhas, mas sem a sonhada dobradinha, tanto no Masculino como no Feminino.

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!