terça-feira, 31 de julho de 2012

O dia em que Phelps se tornou o maior medalhista e brasileiros ficam de mãos vazias novamente

A história olímpica teve um novo capítulo escrito nesta terça feira. O nadador americano Michael Phelps escreve definitivamente seu nome na galeria dos heróis olímpicos ao conquistar sua 19ª medalha e o Brasil mais uma vez não conquistou medalha.

Simplesmente o maior:

Michael Dalder/Reuters


Michael Dalder/Reuters
Michael Phelps escreve definitivamente seu nome na galeria dos grandes heróis olímpicos. Hoje na piscina do Parque Aquático, Phelps ganhou duas medalhas: prata nos 200 m borboleta e ouro no revezamento 4 x 200 m livres. Com essas duas medalhas, o nadador superou o recorde de 18 medalhas da ginasta russa Laryssa Latinina.




Cielo vai pra final dos 100 m livre:

Toby Melville/Reuters



O nadador César Cielo se classificou pra final olímpica dos 100 metros livres com o quinto melhor tempo. Cielo obteve 48s17. Na sua série semifinal ficou atrás do australiano James Magnussen que foi o mais rápido com 47s63. Nicholas Oliveira ficou no caminho nas eliminatórias assim como Henrique Barbosa e Tales Cerdeira ficou em nono nos 200 m peito e está fora da final.

Mais uma decepção no judô:

Jonne Roriz/AE



O judô brasileiro mais uma vez decepcionou em Londres. Leandro Guilheiro chegou à Londres como favorito para levar a medalha de ouro nos meio médios, mas acabou ficando sem medalha. Guilheiro começou vencendo suas duas primeiras lutas, quando foi na terceira foi neutralizado pelo americano Travis Stevens que aplicou um waza ari e tirou o brasileiro da briga pelo ouro. Na repescagem foi duplamente punido e perdeu por yuko para o japonês Takahiro Nakai dando adeus à medalha.No feminino, Mariana Silva foi derrotada pela chinesa Lii Xu por waza ari. E o caso Rafaela Silva pode ser alvo de investigação. O ministro do Esporte Aldo Rebelo vai acionar a Polícia Federal para investigar o suposto racismo contra Rafaela no Twitter.

100% invictos nas areias:

Lucy Nicholson/Reuters



O vôlei de praia brasileiro mantém a série invicta nas Olimpíadas. Hoje mais duas vitórias. No feminino Talita e Maria Elisa venceram a dupla Ludwig e Goller da Alemanha por 2 sets a 1. Entre os homens, Alison e Emanuel venceram os suíços Belaguarda e Heuscher. Ambas duplas se classificaram antecipadamente para a próxima fase.

Mais uma vitória sofrida no basquete:

Mark Ralston/AFP



O jogo contra a Grã Bretanha teoricamente seria fácil, mas tudo isso caiu por terra logo no primeiro quarto. O Brasil fez apenas 4 pontos num primeiro quarto pra esquecer e os anfitriões se empolgaram e venceram por 11 x 4. Mas o time acordou e reagiu. O ataque pouco inspirado reagiu e a defesa mais uma vez fez a diferença. Assim, a seleção venceu o time da casa por 67 x 62. Tiago Splitter foi o cestinha da partida com 21 pontos. Na quinta feira o time volta á quadra para enfrentar a Rússia que ainda não perdeu na competição.

Brasil perde no futebol e agora encara campeãs mundiais:

Stefano Rellandini/Reuters

Houghton dribla a goleira Andreia e faz o gol da vitória Foto: Stefano Rellandini / REUTERS


No lotado estádio de Wembley o Brasil acabou sendo derrotado pela Grã Bretanha por 1 x 0, gol marcado por Houghton logo no começo do jogo. A goleira Andréa ainda defendeu pênalti. Agora o Brasil encara a seleção do Japão, atual campeã mundial na sexta feira em Cardiff.

Rapazes do vôlei implodem parede russa:

Ivan Alvarado/Reuters

Dante e Serginho comemoram ponto do Brasil sobre a Rússia


O Brasil mostrou porque quer voltar a ter a hegemonia no vôlei masculino mundial. Em menos de 2 horas atropelou a forte seleção da Rússia por incontestáveis 3 sets a zero (25/21, 25/23 e 25/21). Disposta a se recuperar do fiasco da Liga Mundial o time mostrou força coletiva e se impôs diante dos russos. Na quinta feira o Brasil encara os Estados Unidos.


O desempenho dos brasileiros:

- Na vela, Robert Scheidt e Bruno Prada se recuperaram e assumiram a vice liderança da classe Star. A dupla ficou em segundo em uma e primeiro na outra regata. Na classe Finn, Jorge Zarif terminou sua regata em último e é o 20º, na RS: X Ricardo Santos é o 13º e Patrícia Freitas a 14ª e na Laser Bruno Fontes foi o 14º;

- No tiro com arco, o brasileiro Daniel Xavier travou um duelo equilibrado com o polonês Rafal Dobrovolski, mas acabou eliminado por 7 x 3.

- No tênis, a partida de duplas ficou para a manhã de quarta. A dupla Marcelo Melo e Bruno Soares joga contra os tchecos e está empatada em 1 x 1 na batalha de 4 horas.

- No remo o Brasil não tem mais chances de medalha. Anderson Nocetti foi eliminado na repescagem do skiff simples e Fabiana Beltrame e Luana Bartholo também foram desclassificadas no skiff duplo leve.

- Na esgrima, Guilherme Toldo perdeu para o americano Race Imbolden e acabou eliminado do florete.

Quadro de medalhas:


PaísOuroPrataBronzeTotal
China136423
EUA98623
França43411
Coreia do Sul3238
Coreia do Norte3014
14ºBrasil1113

Um comentário:

  1. Michael Phelps apesar de não começar tão bem nas Olimpíadas, mostra que é um dos maiores atletas do mundo e da história Olímpica. Enquanto isso, os brasileiros não conseguem medalhas, mas acredito que os esportes coletivos (que demoram mais) são nossa principal esperança!

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!