domingo, 22 de julho de 2012

O Brasil em Londres: A busca por reconhecimento para três modalidades

A série sobre os brasileiros que vão participar das Olimpíadas de Londres prossegue e agora é a vez dos esportes pouco conhecidos no pais.



A canoagem terá três representantes. A caçula da equipe é a jovem Ana Sátila Vargas, de 16 anos. Ela se classificou para o K-1 slalom. Os outros dois representantes serão Erlom Silva e Ronilson Oliveira, atletas do Flamengo que disputarão os 1000 metros C2. Ano passado conquistaram a medalha de prata no Pan de Guadalajara e se classificaram para Londres.



O ciclismo terá nove representantes. No BMX, a dupla Squel Stein e Renato Rezende. O mineiro Rubens Valeriano competirá pela segunda vez seguida no mountain bike. Na prova de estrada estarão os atletas Gregorly Panzió, Magno Nazareth, Murilo Fischer, e no feminino Fernanda da Silva e as irmãs Janildes e Clemilda Fernandes.







A esgrima terá três representantes nos três estilos do esporte. O veterano Renzo Agresta representará o país no sabre, Athos Schwantes estará competindo na espada. O nome Athos é homenagem a um dos três mosqueteiros e durante os treinamentos para o Pan do Rio em 2007 feriu acidentalmente o irmão Ivan que teve o pulmão perfurado. Guilherme Toldo será o representante do florete.

Um comentário:

  1. São esportes poucos, mas quem sabe podem trazer um bronze para o Brasil.

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!