quarta-feira, 25 de julho de 2012

A História das Olimpíadas: 1992, Uma nova ordem mundial surge na Olimpíada do Dream Team

A História das Olimpíadas traz em sua reta final os jogos olímpicos de Barcelona em 1992.





A cidade esperou quase sete décadas para enfim sediar uma edição de Olimpíada. Por duas vezes, a cidade foi preterida por conta de guerras. A olimpíada de 92 marcou uma nova geopolítica. Depois dos Jogos de Seul, uma série de transformações ocorreu em todo o mundo: Na África do Sul caiu o regime do apartheid, a Alemanha se reunificou depois da queda do Muro de Berlim, a Albânia se libertou da ditadura e a União Soviética virou pó se desmembrando em 15 novos países, mas em Barcelona eles competiram pela Equipe Unificada ou CEI (Comunidade de Estados Independentes). No Brasil, o período era de agitação política com o escândalo Collor que ocasionaria o impeachment.



Brasil: A participação brasileira poderia ser melhor, mas o país conquistou três medalhas ficando na 25ª colocação no quadro geral de medalhas. Na natação, Gustavo Borges conquistou uma sofrida medalha de prata nos 100 metros livres, pois o placar eletrônico do complexo aquático de Bernat Picornell falhou e os dirigentes protestaram. Depois de uma intensa revisão, os juízes reconheceram o erro e Gustavo Borges ficou com a prata.





No judô conquistamos nosso segundo ouro seguido com Rogério Sampaio nos meio leves. O judoca surpreendeu e conquistou uma medalha de ouro histórica, pois foi dedicada a seu irmão Ricardo, que um ano antes cometeu suicídio.





Um time que entrou pra história: pela primeira vez na história olímpica brasileira o vôlei brasileiro trouxe uma medalha de ouro em esportes coletivos. Um timaço de jogadores como Tande, Amauri, Maurício, Giovane, Paulão, Talmo, Jorge Edson, Janelson, André, Carlão e Marcelo Negrão entrava pra história com uma campanha impecável de oito vitórias e três sets perdidos. Na final, a consagração com os 3 sets a zero contra a Holanda. O técnico era José Roberto Guimarães.



Destaque: Dream Team (EUA). Um time de outra galáxia, assim o Time dos Sonhos dos Estados Unidos atropelou todo mundo no torneio masculino de basquete e levou a medalha de ouro. Só tinha a nata da NBA, a liga profissional de basquete masculino com fantásticos jogadores como Michael Jordan, Larry Bird, Charles Barkley, Patrick Ewing e Magic Johnson. Juntos os astros da NBA fizeram do Palau D'Esportes de Badalona o palco ideal para seus shows.


CLASSIFICAÇÃO DE 1992
PAÍSOUROPRATABRONZE
CEI453829112
ESTADOS UNIDOS373437108
ALEMANHA33212882
CHINA16221654
CUBA1461131
ESPANHA137222
CORÉIA DO SUL1251229
HUNGRIA1112730
FRANÇA851629
25ºBRASIL2103

Um comentário:

  1. Que timaço esse dos Estados Unidos de basquete. Enquanto isso, o Brasil conquistou poucas medalhas, porém de maio valor.

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!