A História das Olimpíadas: 1988, Polêmico doping de Ben Johnson mancha festa coreana



A História das Olimpíadas prossegue e vamos falar sobre os jogos olímpicos de Seul em 1988.




Mascotes das olimpíadas de 1988
Depois de três edições marcadas pelo boicote, todas as nações se reuniram novamente em Seul. A única ausência era Cuba. Seul marcou o último encontro entre Estados Unidos e União Soviética. Ainda no campo da diplomacia, a vizinha Coreia do Norte, o país mais fechado do mundo recusou ir à Coreia do Sul. A organização foi impecável.




Mas houve uma mancha que estragou o espetáculo. O mundo aguardava a final dos 100 metros rasos e o duelo entre o canadense Ben Johnson e o americano Carl Lewis. Johnson levou a medalha de ouro com espantosos 9s79, mas três dias depois foi descoberto que ele usou esteroides anabolizantes, substâncias proibidas e ele teve a medalha cassada na maior vergonha da história do esporte.

Brasil: Em Seul a delegação brasileira trouxe seis medalhas, desempenho inferior ao obtido em Los Angeles. O iatismo conquistou duas medalhas de bronze com Torben Grael e Nélson Falcão na Star e Lars Grael e Clínio de Freitas na Tornado. No atletismo, Robson Caetano conquistou a medalha de bronze nos 200 metros rasos enquanto Joaquim Cruz conquistava a medalha de prata nos 800 metros.





Nossa seleção de futebol novamente chegou à final, mas foi superada pela União Soviética com um time que contava com jogadores como Bebeto, Mazinho, Jorginho, Neto, Ricardo Gomes, mas os destaques eram o goleiro Taffarel que virou especialista em pegar pênaltis e o baixinho Romário, que foi o artilheiro do torneio.



Nossa única medalha de ouro veio dos tatames com Aurélio Miguel. O judoca que nasceu na Espanha, mas se tornou brasileiro derrotou cinco oponentes para levar a medalha de ouro na categoria dos meio pesados.




Destaques: Kristin Otto (Alemanha Oriental) A nadadora da antiga Alemanha Oriental conquistou seis medalhas de ouro em três dos quatro estilos da natação.



- Florence Griffth Joyner (EUA); A velocista americana ganhou três medalhas de ouro nos 100 e 200 metros rasos e no revezamento 4 x 100 m livre.


CLASSIFICAÇÃO DE 1988
PAÍSOUROPRATABRONZE
UNIÃO SOVIÉTICA553146132
ALEMANHA ORIENTAL373530102
ESTADOS UNIDOS36312794
CORÉIA DO SUL12101133
ALEMANHA OCIDENTAL11141540
HUNGRIA116623
BULGÁRIA10121335
ROMÊNIA711624
FRANÇA64616
24ºBRASIL1236

Related Articles

1 comentários:

  1. A Olimpíada que marcou o último encontro entre EUA e URSS deu União Soviética. E pelo incrível que pareça, os norte-americanos ficaram somente em terceiro.

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!

About us