quarta-feira, 18 de julho de 2012

A História das Olimpíadas: 1932, A crise americana fica em segundo plano na primeira olimpíada lucrativa

Dando continuidade à série sobre a história dos jogos olímpicos, os jogos de Los Angeles em 1932.


Em 1929 os Estados Unidos entraram em crise com o crash da Bolsa de Valores de Nova York, mas eles se recuperaram no ano de 1933, um ano antes o esporte deu sua contribuição. Mesmo com a crise financeira não faltou dinheiro para a organização dos jogos olímpicos. Com apoio da Prefeitura e da Iniciativa privada, várias instalações foram construídas ou reformadas. Foi em Los Angeles que tivemos a menor presença de atletas, menos de 1500 atletas, mas isto se justifica por conta da crise econômica que acabou diminuindo o número de países. Em Los Angeles foi construída uma Vila Olímpica de verdade com uma mini cidade. A partir dos jogos de 32 a duração passaria a ser sempre de 16 dias. O atleta Paavo Nurmi foi proibido de disputar os jogos pela acusação de ser profissional, e por isso não pôde mais participar dos jogos olímpicos.




Brasil: Os efeitos da crise chegaram ao Brasil. Para embarcar para os Estados Unidos, o governo brasileiro financiou a viagem em troca de trabalho, pois o café era o principal produto na época. Dos 69 atletas que embarcaram, 24 acabaram retornando. Pois a participação brasileira foi péssima, mas fica o registro da primeira mulher a participar de uma Olimpíada, a nadadora Maria Lenk, que foi a primeira sul americana a participar dos jogos. No mais, um retumbante fracasso. O destaque negativo fica por conta da equipe de polo aquático que causou briga generalizada e foi expulsa dos jogos.



Destaque: Mildred "Babe" Dickinson: A americana é considerada por muitos como a mais completa da história. Em Los Angeles ganhou duas medalhas de ouro e uma de prata. Outros destaques foram: o nadador Buster Crabbe e o esgrimista Errol Flynn, que anos mais tarde viraram artistas de Hollywood.













CLASSIFICAÇÃO DE 1932
PAÍSOUROPRATABRONZE
ESTADOS UNIDOS413230103
ITÁLIA12121236
FRANÇA105419
SUÉCIA95923
JAPÃO77418
HUNGRIA64515
FINLÂNDIA581225
REINO UNIDO47516
ALEMANHA312520
10ºAUSTRÁLIA3115

2 comentários:

  1. Os Estados Unidos sempre foram a maior potência do esporte olímpico, mas de vez enquanto aparece uma nação para superá-los.

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!