domingo, 13 de maio de 2012

Manchester City aplica virada histórica e é campeão inglês ao vencer o Queens Park Rangers por 3 a 2

Antes do jogo com o Queens Park Rangers, a torcida azul fez festa para os jogadores. Ambulantes já vendiam até produtos comemorando o título. O início foi animador. Após pressão durante todo o primeiro tempo, Zabaleta abriu o placar para o City com um chute cruzado dentro da área, que contou a ajuda do goleiro Kenny aos 38 minutos: o espanhol bateu, o camisa 1 espalmou para trás, a bola bateu na trave e entrou.

Tudo parecia perfeito para o City, mas a história mudou logo no início da etapa final. Depois de um chutão do QPR para a frente, Lescott cortou errado e cabeceou para trás, dando o "passe" ideal para Cissé invadir a área e bater sem defesa para o goleiro Hart.
http://pt.uefa.com/MultimediaFiles/Photo/competitions/DomesticLeague/01/79/64/53/1796453_w2.jpg

Aos nove, Joey Barton foi expulso após revidar uma agressão de Carlitos Tevez e deixou os visitantes com um a menos em campo. O polêmico atleta do QPR ainda agrediu Agüero antes de deixar o gramado e teve que ser contido pelos outros jogadores para também não brigar com Balotelli, que estava no banco.

Vilão no primeiro gol do City, Kenny acabou sendo herói aos 14 minutos. Primeiro, o goleiro defendeu um chute perigoso de Tevez na grande área. Logo em seguida, Kenny salvou em cima da linha uma bola batida por Agüero.

Desesperado pela vitória, já que o empate dava o título para o United, Mancini colocou o City para a frente. E acabou pagando caro. Em um contra-ataque rápido, Armand Traore driblou Kompany pela esquerda, arrancou e deu um cruzamento perfeito para Mackie fazer o gol da virada: 2 a 1 para o QPR.

Nos minutos finais, o City continuou pressionando e parou nas mãos de Kenny algumas vezes. Aos 45, Balotelli teve grande chance de empatar, mas o goleiro fez milagre quase em cima da linha. Um minuto depois não teve jeito: escanteio da direita, Dzeko subiu bem e empatou de cabeça, 2 a 2.

Em um lance difícil de acreditar, Agüero começou a jogada fora da área, tocou para Balotelli, o argentino recebeu pela direita na área, driblou um zagueiro e chutou com força para marcar 3 a 2 e explodir a torcida de alegria aos 49. Histórico!

kompany Manchester City ergue a taça de campeão (Foto: Agência Getty Images)

3 comentários:

  1. Foi, acima de tudo, histórico e emocionante!
    Parabéns ao City

    SANGUE AZUL

    ResponderExcluir
  2. Um jogo que ficará nas mentes dos torcedores ingleses, e na nossa, por muito tempo! Um jogaço com emoção até o fim, mostrando que o Campeonato Inglês continua sendo o melhor do mundo!

    ResponderExcluir
  3. Merecido o título do Manchester City mostrando a competitividade do campeonato inglês.

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!