segunda-feira, 26 de março de 2012

FPF proíbe entrada de Mancha e Gaviões nos estádios

 A Federação Paulista de Futebol divulgou nesta segunda-feira um comunicado proibindo o acesso das torcidas organizadas Mancha Alviverde (antes chamada de Mancha Verde) e Gaviões da Fiel aos estádios paulistas. Segundo diz o próprio comunicado, a decisão se dá por conta do confronto envolvendo cerca de 500 integrantes das duas torcidas no último domingo, na Avenida Inajar de Souza, em São Paulo, que resultou na morte do torcedor palmeirense André Alves, de 21 anos.

Em resolução assinada pelo presidente da FPF, Marco Polo Del Nero, a Federação ressalta ser "seu dever preservar a disciplina nos campos de futebol”. A proibição já está em vigor e permanece até que "sejam apurados os fatos e os responsáveis punidos nos termos do Estatuto do Torcedor".

A delegada Margarette Barreto entrou com o pedido de banimento na manhã desta segunda, junto à entidade. O confronto teria sido marcado pela internet e ocorreu horas antes do jogo entre os clubes pelo Campeonato Paulista. Na briga, André Alves levou um tiro na cabeça e morreu horas mais tarde.

Outros dois torcedores foram baleados e pelo menos cinco feridos por paus, barras de ferro e pedras foram encaminhados para hospitais. Segundo a Polícia, cerca de 300 marginais (pois isso não é torcedor) participaram do confronto.

4 comentários:

  1. Achei a atitude correta. Se tivéssemos punições mais severas, teríamos menos lances lastimáveis como esse!

    ResponderExcluir
  2. Boa atitude da FPF.

    Nada contra os torcedores de Palmeiras e Corinthians, mas tem muitos marginais nas torcidas. Em todas as torcidas. Esses marginais deveriam ser expulsos das Desorganizadas.

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente as torcidas organizadas de São Paulo não respeitam mesmo ninguém. Isso acontece diretamente, não somente com as torcidas de Palmeiras, Corinthians, São Paulo. Em Campinas acontece a mesma coisa, sempre que há o Derby rola briga e o pau come solto. Se ninguém tomar uma atitude enérgica, cenas como estas vão se repetir e famílias vão ficar enlutadas. Meus pêsames a família do jovem que morreu de forma estúpida. Faz tempo que o futebol deixou de ser diversão familiar pra virar confronto onde um tira a vida do outro. Onde isto vai parar?

    ResponderExcluir
  4. Fernando,
    não tinham que suspender. Tinham é que banir, expulsar.... lugar de bandido é na cadeia. Pena que não vivemos em um país sério. Crime organizado tem que ser combatido com rigor. Mas ainda assim já é um começo. Mas ainda muito branda. Quanto vale uma vida?

    BLOG DO CLEBER SOARES
    www.clebersoares.blogspot.com

    ResponderExcluir

Regras para a comunicação:
Aqui é um ambiente para se discutir futebol com paz, por isso não utilize palavrões, xingamentos e outras atitudes baixas. Vamos manter o nível.

Agradeço pela visita, volte sempre!